Home » Curiosidades

Após realizar cirurgia em uma borboleta, mulher fica espantada

Digmos que ela fez um tranplante de asa que acabou dando certo

Bem no meio do Texas, nos Estados Unidos a figurinista e apaixonada por borboletas Romy McCloskey, decidiu usar de suas habilidades de anos como criadoras de peças de vestuário para teatro para concertar a asa de uma de suas borboletas. De acordo com Romy, e a tinha acabado de sair do casulo há mais ou menos 3 dias, e por azar danificou a asa direita.

Romy afirma que sua maior paixão é a criação das borboletas da espécie monarca, as com asas de tom laranja bem forte. Depois de observar uma delas sem poder voar tendo saído do casulo tão recentemente, ela não ficou parada e colocou em ação suas habilidades como criadora.

Digamos que o que ela fez foi um “transplante de asa”, e mesmo sem nenhuma experiência no assunto, acabou dando muito certo. Para realizar o procedimento de uma forma que não prejudicasse ainda mais a pobre borboleta, Romy usou uma toalha, cabide de arame retorcido, uma pinça, tesoura e cola.

Romy afirma que transplantou a asa de uma borboleta que havia morrido alguns dias antes, e que com a ajuda de cotonete, talco e uma cola sem químicos prejudiciais conseguiu realizar a operação.

Em entrevista Romy McCloskey afirmou que é uma figurinista profissional há muitos anos, e que por causa disso é especialista em detalhes e trabalhos manuais difíceis. Ao final, ela comentou que a ideia veio à cabeça e não resistiu a tentativa, tinha certeza de que poderia dar certo, já que a asa transplantada seria do mesmo peso da original, e a cola não iria influenciar tanto assim em seu equilíbrio na hora de voar.

Como ela realizou o procedimento?

|Romy primeiro consertou as extremidades da asa danificada antes de realizar a colagem. Não existe nenhuma necessidade de se anestesiar a borboleta para realizar o procedimento. As asas de uma borboleta são como nossos cabelos, pelos e unhas, não sentimos quando são aparados ou cortados.

Logo depois, Romy pegou a asa com uma pinça, manteve a borboleta inerte com a ajuda do arame retorcido e fez a colagem. Porém, mesmo tendo feito todo o procedimento com cautela, Romy ainda não tinha certeza se seria realmente possível que ela voltasse a voar. Mesmo muito ansiosa, ela decidiu esperar até o dia seguinte para colocar a asa transplantada a prova.

Romy levou a borboleta em seus dedos até o quintal e a soltou, depois de dar uma volta rápida pelo quintal ela finalmente pousou em um arbusto, tinha dado certo! A borboleta voou com equilíbrio e consegui manter a asa nova no lugar.

Um final feliz para um ser tão bonito, aproveite a liberdade!

Gostou do nosso post?

Então não deixe de comentar e compartilhar com os seus amigos!

 

Tags: ,
Publicado por Programador
Revisado em 16/02/2018

Compartilhar