Home » Sem categoria

Os famosos que podem ter sido mortos pelos Illuminati

 

A seita Illuminati teria interesse direto em silenciar aqueles que podem falar e influenciar a todos abertamente, entre artistas, estudiosos e políticos.

Sabemos que a intenção dos Illuminati é manter o status quo, tudo sobre controle, para o bem ou para o mal, depende da teoria criada. Na verdade, não sabemos de quase nada, apenas escutamos (ou criamos) teses e estórias que sugerem delinear pelo menos um pouco dos conceitos e ideias dos grupos.

Mas se existem duas coisas que não encontram barreiras na personalidade humana, são a curiosidade e a vontade de criar\vivenciar intrigas. Sendo assim, se têm alguém que pode, de uma forma ou de outra, começar a mudar algumas coisas na forma como enxergamos o mundo, esses são os famosos, aqueles que possuem passes livres para entrar na casa de todos, seja através da TV, dos rádios e, atualmente, da internet e dos celulares.

Dos políticos aos artistas, acabamos elevando-os a um patamar que não deveria existir, mas que está lá devido ao excesso de exposição e da desigualdade que o dinheiro inflige. A mensagem de que algo diferente pode ser feito poderia chegar através deles, mas nem sempre é assim. Confira uma lista com famosos que podem ter sido mortos por ter algo a dizer.

Bob Marley  

É o detentor das palavras mais fortes e doces que podem sair pelo nosso rádio, com letras que pregam o desapego ao ego e as posses, em melodias de união e liberdade. Talvez isso não agradasse muito os grupos e, o seu silêncio, supostamente ação de um câncer no pé, sempre deixa uma dúvida no ar.

Jimi Hendrix

Contemporâneo de Bob Marley, apesar de ter vivido praticamente dez anos a menos, com data de falecimento em 18 de setembro de 1970, também é considerado alguém com ideais revolucionárias e subversivas, exigindo assim uma ação mais enérgica. O motivo da morte nunca foi verdadeiramente exposto, com contradições em entrevistas e relatos.

John F. Kennedy

Em um dos assassinatos mais marcantes da história moderna, John Kennedy levou um tiro enquanto buscava por votos em Dallas, no Texas, para sua reeleição, no ano de 1963. O assassino  foi Lee Harvey Oswald, mas muitas das teorias que surgem até hoje nos levam ao nome dos Illuminati, que não teriam gostado da ruptura do então presidente com a seita.

Martin Luther King

Não foi presidente dos EUA, mas sua enorme influência e os seus discursos contrários à guerra no Vietnam e a favor da igualdade de direitos fizeram com que virasse alvo de atentados. Escapou dos dois primeiros, mas não do terceiro, no dia 4 de abril de 1968, em Memphis. Apesar do suposto atentado com razões raciais, um processo em Tenessee concluiu a influência do governo norte-americano e da “máfia”.

Whitney Houston

A teoria com o motivo mais bizarro provavelmente é a de Whitney Houston, que faria parte (sem saber) de um ritual com sangue, organizado pelos Illuminati, quando tivesse completado 50 anos. Sua morte foi em um uma banheira, em um afogamento acidental, apenas seis meses antes do aniversário.

Tags: , ,
Publicado por Programador
Revisado em 20/01/2018

Compartilhar